5 caminhos para promover INTERAÇÕES VERBAIS de qualidade em família

O quanto de qualidade de interação verbal há na sua família?

A maioria das interações são questões ou instruções, como: “Desligue a luz! Venha aqui. Saia do celular. Cadê a sua roupa? Já fez seu lanche?”

 

Normal, é muito comum.

Mas melhorar esta interação pode trazer muitos benefícios, tanto para o desenvolvimento de seus filhos, quanto para a família como um todo.

Aqui temos 5 caminhos para te ajudar a melhorar esta interação.

1) Brinquem com jogos de palavras: por exemplo, caça palavras para crianças, adapte o famoso “word letters”. Ao encontrar as respostas certas, vá aumentando o nível de dificuldade: pedindo por exemplos ou contando histórias sobre a palavra. Podem procurar juntos por definições no dicionário, no celular, procurar a palavra em inglês.
Encontrem algo específico que possam trabalhar juntos que encoraje discussões e interações.

2) Durante as refeições ou quando elas terminam: Ouvir notícias em aplicativos ou sites, de preferência que façam olhar para a vida de outras pessoas, que trabalhem valores, que priorizem coisas boas, nada pesado. Você não precisa concordar ou discordar do que foi ouvido ou mostrar um valor em específico que você acredita. Ouvir os torna capazes de conversar sobre assuntos em geral. Comece a fazer perguntas sobre os programas. No início, podem surgir apenas respostas sim e não, mas persista, com o tempo eles vão aprendendo. Você pode perguntar: “O que você mais gostou nesta reportagem? o que surpreendeu você?”
Às vezes, na história, as pessoas podem ter tomado decisões boas ou ruins. Você pode perguntar questões sobre sentimentos, aproveitar o momento para explorar. “Você teria feito o mesmo?
O que você acha que poderia ser feito para melhorar?”

Sites como: museudapessoa.net; BBC.

3) Momento de leitura: Muitos pais não priorizam este momento, mas ele é essencial e deve ser diário. É uma troca muito rica de interação, aprendizado e sentimentos. Varie entre livros que seu filho escolher e livros que você sugere, pesquise por modalidades de bons livros, com ilustrações criativas. É um bom momento para surgirem conversações simples e interações valiosas.

4) Cada manhã ou parte do dia: Encontre tempo para ter uma interação, mesmo que curta, com cada um de seus filhos, individualmente, quando tiver mais de um.
Quando se tem mais de um filho, o tipo de interação difere, o tipo de conversa, também. Dê o devido espaço para cada um poder se expressar. Ouça-os.
Pode ser em um passeio, uma caminhada ou uma preparação de lanche.

5) Faça uma revisão e planejamento: Para te ajudar a visualizar o quanto de tempo real tem passado com seus filhos, com todos, com cada um deles.
E, caso seja necessário, faça ajustes.
E, então, perceba o quanto de tempo passa lado a lado com seus filhos.
Como escolher o que fazer? Escolha atividades feitas com cada um deles e, aquelas feitas todos juntos. Não precisa ser nada maravilhoso.
Pode ser em um passeio, uma caminhada inesperada, uma preparação de lanche ou uma ajuda no serviço de casa. Mas um tempo em que possam ter uma interação verbal construtiva e compreensiva.

Estabeleça e mantenha essa conexão mesmo quando eles forem ficando mais velhos, e, eu sei, é um desafio. Não importa como, qual livro você escolher, qual atividade for fazer, qual interação for. Você conhece seu filho, se mantenha ativo, estimule a imaginação dele. Isto favorece a criatividade e a interação social dele com outras pessoas.
A criação e manutenção de uma interação verbal de qualidade na família é essencial para o desenvolvimento e saúde das crianças. 

 

 

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *